Dia dos Namorados: PAN pede para, em vez de flores, se oferecer sementes, terra, adubo e um ancinho

O Dia dos Namorados este ano é marcado por um pedido do Partido Animais Natureza, que pretende que ao romantismo se junte o respeito pela natureza e alguma sustentabilidade.

Assim, em vez de ceifar flores na flor da vida, o PAN pede para se oferecer sementes, terra, adubo e um ancinho.

“Naqueles que estão mesmo apaixonados, podem também dar um vaso, que consoante a confiança no futuro da relação também será em plástico ou em cerâmica”, explica Simplício, dirigente do partido.

A dificuldade, para quem aceitar este desafio, será chegar ao restaurante com um saco de terra, um vaso, sementes, um ancinho e eventualmente um casal de caseiros.

Certo é que a ideia está a ser bem recebida e já há quem compare este discurso à famosa máxima “não lhe dês o peixe, ensina-o a pescar”, sendo neste caso “não lhe dês flores, dá-lhe um kit de jardinagem”.