Depois das declarações da Bastonária, portugueses já não se queixam das listas de espera e até dizem que quanto mais tarde melhor

Bloco-Operatorio03Depois das declarações da Bastonária dos Enfermeiros, este fim-de-semana, os portugueses deixaram de se queixar das listas de espera e dizem agora que quanto mais tarde melhor. Os utentes estão a passar a vez.

“Boa tarde, Sr. Simplício, fala aqui do hospital central, é para dizer que a operaçãozinha ficou finalmente para o próximo dia 15”, contactaram esta tarde. “Ah, que bom. Mas olhe, há pessoas que precisam mais do que eu, por favor, meta-me novamente na lista”, respondeu Simplício. “Mas o senhor liga todos os dias!”, recordou a enfermeira. “Pois, mas era só para saber quando é que chegava a minha vez, para poder passar a outro”, esclareceu Simplício.

“Próximo!”, gritou um médico, entretanto, numa sala de espera. “Próximo!”, insistiu. “Pró-xi-mo!”, voltou a insistir, ainda mais alto, mas não estava ninguém na sala de espera. “Foi-se tudo embora depois de passar o noticiário da uma da tarde na televisão, senhor doutor”, explicou o auxiliar.