Como é que ele/ela dorme?: Estudo conclui que quem dorme de barriga para baixo é mais infiel

Affectionate Young Couple Sleeping in BedUm estudo agora publicado conclui que quem dorme de barriga para baixo é mais infiel do que quem dorme de barriga para cima. Com estas conclusões, há muitas pessoas que já esta noite vão ter de dar muitas explicações.

Segundo o autor desta que já é considerada a teoria simpliciana do sono, e que envolveu uma rigorosa análise a mais de mil casais, quando se dorme de barriga para baixo é porque provavelmente se está a esconder algo.

«É de desconfiar do parceiro ou da parceira que se deita na cama de barriga para baixo e começa logo a roncar, pois está claramente a esconder alguma coisa», explica Simplício Freud, que há mais de cinco anos confronta o comportamento durante o sono de muitos casais com as mensagens no telemóvel.

«Nos casos mais graves de infidelidade, o parceiro ou a parceira não só se deitam de barriga para baixa e roncam logo, como inclusivamente entram pelos pés da cama para não dar cana», continua Simplício Freud.

Já em relação às pessoas que dormem de barriga para cima, podemos confiar totalmente: «Quem dorme de barriga para cima não tem nada a esconder, sobretudo se abrir as pernas como um compasso e ocupar 75% da cama.»

Então e quem dorme de lado? Neste caso, o estudo chegou a várias hipóteses. Quem dorme de lado virado para o parceiro ou para a parceira é porque está desconfiado que ele ou ela anda a pular a cerca e então não se pode tirar o olho, nem durante a noite. Quando se dorme de lado para o parceiro ou parceira e ainda se coloca um bracinho por cima e às vezes até uma perninha, então é porque a desconfiança é tal que até já é preciso amarrá-los com um arnês.

Quem dorme de lado, mas de costas para o parceiro ou parceira, significa que já não pode ver o outro nem de olhos fechados e quer pirar-se dali para fora. Se estiver com as perninhas para cima, em posição fetal, menos mal, é porque quer pirar-se para casa da mamã.

«Agora atenção», alerta Simplício Freud, «depois da publicação deste estudo, é natural que muitas pessoas, logo à noite, cheguem à cama e deitem-se de barriga para cima e até digam ‘só consigo dormir de barriga para cima’. Logo, o ideal é meter o despertador para as 4 horas da madrugada, hora a que os parceiros já devem estar em sono profundo e portanto já estão na posição mais confortável. Agora que eu disse isto, talvez seja melhor pôr uma hora ao calhas, senão eles vão todos pôr o despertador para as 3:59, para se virarem de barriga para cima».