Combustíveis baixam na próxima semana mas o Governo vai mandar retirar as bombas

Os combustíveis vão baixar na próxima semana um número indeterminado de cêntimos, sendo das maiores descidas dos últimos tempos. A descida é tão grande que os automobilistas podem mesmo vir a deixar o carro a trabalhar depois de concluírem as viagens e até durante a noite. 

“Assim quando eu chegar ao meu automóvel ele já está quente, não tenho de estar ali a dar bufaradas e a acordar os vizinhos, porque há dias que eu saio muito cedo, às vezes até antes das dez”, explica Simplício. 

No entanto, ainda não é certo que os portugueses possam vir a usufruir desta diminuição do preço dos combustíveis, pois o Imprensa Falsa sabe que o executivo vai mandar retirar as bombas. O objectivo é arranjar espaço para os passageiros esperarem pelos seus transportes, uma vez que nas estações e apeadeiros já não cabe mais ninguém. 

“Para essas pessoas que ainda se fazem transportar por automóvel particular, usem óleo usado, que diz que o carro também anda”, explica fonte do Ministério do Ambiente, “as bombas de gasolina ocupam muito espaço e são coisas que daqui a quatro anos já estariam devolutas”.

Apesar disso, o ministro do Ambiente diz que se lhe perguntarem, ele vai dizer que ninguém está a retirar bombas nenhumas, “as bombas já estavam a ser retiradas há muito tempo”.