Sábado, Janeiro 29, 2022
InicioPaísCalamidade: Se medidas não forem suficientes, Governo admite só vir a ser...

Calamidade: Se medidas não forem suficientes, Governo admite só vir a ser possível entrar em sítios com Cartão de Adepto

Às zero horas desta quarta-feira entra em vigor o estado de calamidade, ou seja, regressam algumas restrições para conter não só a pandemia, mas sobretudo esta nova variante Ómicron.

Para já, espera-se que as medidas impostas sejam suficientes, nomeadamente a necessidade de apresentação de certificado de vacinação e/ou teste negativo.

- Publicidade -

No caso de se revelarem insuficientes, o IF sabe que o Governo admite um confinamento geral mas não lhe quer chamar isso, para não parecer mal e porque constitucionalmente não vinha a calhar.

Assim, a ideia é exigir o Cartão de Adepto para entrar seja onde for, restaurantes, ginásios, salas de espectáculo, oficinas, no próprio trabalho, bares e discotecas, para andar de avião ou simplesmente para ir pôr o lixo à rua.

“Ninguém confina ninguém, simplesmente é exigido o cartão do adepto”, explica fonte do Governo.

ARTIGOS RELACIONADOS
- Publicidade -

Últimas