Autoridades procuram autores de vandalismo em escultura de Cabrita Reis para lhes dar 300 mil também a eles

-

As autoridades estão à procura dos responsáveis por inscrições bárbaras, mas ao mesmo tempo lindíssimas, numa magnífica escultura do artista Pedro Cabrita Reis, em Leça da Palmeira.

- Publicidade -

“Queremos encontrar quem fez isto, o mais rapidamente possível, para que se faça justiça e para que eles recebam também 300 mil por este acrescento à obra”, explica Simplício, vereador da Câmara de Matosinhos.

“Repare bem na beleza daquela inscrição ‘vergonha’ e da outra ao lado ‘os nossos impostos'”, acrescenta Simplício, “os vândalos procuraram chamar a atenção da sociedade para dois paradigmas modernos, numa linguagem de revolta que está quase sempre patente nas suas obras”.

Quanto ao artista, Cabrita Reis reconhece que ele esteve para entregar a obra já com os dizeres, mas deixou em branco para outros artistas o fazerem, como se veio a verificar.

Entretanto, a obra deverá receber ainda mais um contributo. Segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, o presidente da Assembleia está a caminho de Leça da Palmeira com uma lata de tinta para riscar “vergonha” e colocar “vexame”.