Assistente Google já fala português de Portugal mas aprendeu no Bolhão e então mandou utilizador procurar ele, ‘oh crl, este fdp julga que tem criados’

O assistente Google já fala português de Portugal, mas a escolha de uma startup nascida no Bolhão para fazer a tradução não foi a melhor. Tudo porque o português ficou demasiado de Portugal.

Há instantes, numa experiência, o assistente da Google mandou um utilizador procurar ele, “oh crl, este fdp julga que tem criados… mandrião do crl, queres um restaurante barato e perto vai a casa da tua mãe”.

Perante isto, o utilizador quis escrever um e-mail à Google, para reclamar, mas “reclamas mas é o crl, deste aparelho não reclamas tu, mandrião, amanda-lhes uma carta, ó boi!”

“Só tenho pena de não te poder amandar com um robalo no focinho, mas os fdp dos empreendedores ainda não inventaram um assistente com braços”, acrescentou ainda.