Foi apresentado o primeiro porta-aviões feito na China e o mundo está cheio de medo, nomeadamente que largue tinta com chumbo para o oceano

-

A China apresentou há poucas horas o seu primeiro porta-aviões construído no país e o mundo ficou imediatamente em pânico, desde logo porque o mundo anda muito sensível e agora qualquer coisa deixa-o logo em pânico.

- Publicidade -

[the_ad id=”10494″]No entanto, a grande preocupação do mundo nem é tanto com os aviões que vão descolar do porta-aviões, cheios de armas, mas sim com a qualidade de construção do vaso de guerra. O mundo teme que o novo porta-aviões chinês largue tinta com chumbo para o oceano.

“É um novo tipo de ameaça letal, sobretudo para a fauna marinha”, reconhece Simplício Rogeiro, especialista em arsenal de guerra e biologia marítima.

Recorde-se que o investimento da China neste porta-aviões chegou aos 45 euros e poderá vir a ser vendido nas suas lojas, como brinquedo, por 46, mas sem aviões. “Avilôes são à plate, 15 cada”, explica Xim Pli Xiô.

Siga no Instagram

Siga o Imprensa Falsa no Instagram, notícias, muitas notícias e até revistas de imprensa. De imprensa falsa, claro.