InícioSociedadeA história incrível de um indivíduo que ia perdendo o espirro mas...

A história incrível de um indivíduo que ia perdendo o espirro mas nunca desistiu e acabou por espirrar

| @zepiter |

É também no momento de espirrar que se vê a garra de uma pessoa. Segundo um estudo da Universidade do Barreiro, para o Imprensa Falsa, perdem-se em média 2 milhões de espirros por dia, em Portugal. “A… a… a… bolas”, acaba de se perder outro.

No entanto, é também nestas alturas que se conhecem histórias incríveis de superação.

Simplício, 35 anos, freelancer, ia perdendo um espirro mas nunca desistiu e acabou mesmo por espirrar. A façanha fez com que fosse recebido esta manhã pelo Presidente da República.

“Olhei para cima, para o sol, para a luz, fiz tudo, mas foi-se”, relata o indivíduo, “de repente digo assim ‘não, espera’, e voltei a olhar para cima, para o sol, já não tinha vontade de espirrar, mas aguentei-me, continuei, até comecei a fazer o ‘a… a… a…’ e acabou por sair, visivelmente contrariado, mas já não havia nada a fazer”.

Para o Chefe de Estado, que condecorou Simplício com o Grande Espirro do Infante D. Henrique, “é também nestes momentos que se vê a força de vontade e a garra dos portugueses, capazes de espirrar mesmo quando já não há espirro e quando muitos optariam pelo lamento ou a desilusão”.

Por ter voltado à sua forma original depois do espirro, o indivíduo foi também elogiado pela sua resiliência.

Apoie o "jornalismo"

Se a imprensa é fundamental para garantir a liberdade, a Imprensa Falsa é fundamental para garantir a liberdade com alguma animação.