InícioInternacional"Tirem-me daqui!": Depois de infectar Trump, coronavírus junta-se às farmacêuticas na procura...

“Tirem-me daqui!”: Depois de infectar Trump, coronavírus junta-se às farmacêuticas na procura de tratamento

| @zepiter |

Donald Trump anunciou esta sexta-feira que deu positivo no teste ao novo coronavírus. É uma má notícia para o presidente dos Estados Unidos, mas também para o próprio vírus, que acaba de se juntar às farmacêuticas na procura de tratamento para si próprio.

“Tirem-me daqui, é tudo o que vos peço, eu forneço os meus dados, vou revelar tudo a que tenho alergia, mas por favor, tirem-me daqui”, terá afirmado o novo coronavírus, numa declaração que vinha no resultado do teste.

No mesmo resultado, o vírus explica o que correu mal para infectar Donald Trump. “Eu estava ali pela Melania”, garante.

Certo é que o presidente norte-americano e a primeira dama estão agora de quarentena, interrompendo assim a campanha para as próximas eleições.

“Eu também ajudo com a vacina”, acrescenta o novo coronavíus, “mas tirem-me daqui”.

Segundo o enfermeiro que testou Trump, na zaragatoa vinha logo quase o vírus todo. “Ao aperceber-se que era Trump, deve ter tentado ficar logo ali à entrada e quando viu a zaragatoa agarrou-se”, relata, “até deu pena, o tadinho do bicho”.

Apoie o "jornalismo"

Se a imprensa é fundamental para garantir a liberdade, a Imprensa Falsa é fundamental para garantir a liberdade com alguma animação.