Tentativa de provar teoria por cima falhou: Partiu outro terraplanista mas agora foi a pé e em frente, devendo assim passar por si de 10 em 10 anos

-

"Vai depender um pouco da passada do indivíduo, mas acreditamos que irá passar por si a cada 10 anos"

Depois da tragédia que vitimou um terraplanista que tentou provar a sua teoria com uma imagem a grande altitude, esta terça-feira partiu outro terraplanista com a mesma missão. 

No entanto, Simplício não se meteu em veículo algum. Simplício saiu a pé, em vez de se meter num foguetão, e seguiu em frente, ao contrário também do primeiro terraplanista, que escolheu ir para cima. 

“É que nós, os terraplanistas, consideramos bastante arriscado andar por aqui, na Terra, a pé”, explica o indivíduo, “mas se vocês só assim acreditam, muito bem, eu ofereço-me, vai ser até cair”. 

Ora, como será de esperar, Simplício não só não deverá cair como os cientistas acreditam que será um fenómeno observável de 10 em 10 anos. “Aqui vai depender um pouco da passada do indivíduo, mas acreditamos que irá passar por si a cada 10 anos, mais coisa menos coisa”, explicam.  

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.