Senhor do café pediu 60 euros a Frederico Varandas por um café e ele não reclamou

-

Não quer levar uma empada também? Pode dar-lhe a fome.

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.

“Quanto é o café?”, perguntava Frederico Varandas, ontem à tarde, no café do Simplício. Ao ouvir a pergunta, Simplício, que costuma cobrar 60 cêntimos por um café, começou a tremer das pernas, pois tinha ali uma boa oportunidade de fazer negócio.

“São 60 euros se fizer o favor”, pediu então, com receio de ser apanhado a aproveitar-se. “Aqui tem”, pagou Varandas, sem reclamar.

“Não quer levar uma empada, que lhe pode dar a fome?”, tentou ainda, numa altura em que o presidente do Sporting se preparava para deixar o estabelecimento.

“Se calhar tem razão, quanto é?”, perguntou Varandas. “São 3500 euros”, respondeu Simplício. “Mas isso é um pouco caro…”, desabafou o líder dos leões. “É de pato, amigo”, explicou Simplício, pensando que tinha exagerado.

“Levo duas”, pediu então Varandas.

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.