Rúben Amorim sente que pagaram 10 milhões mais 3 por ano para estar no sofá a comer gelados e a ver filmes

-

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.

O treinador do Sporting era caro se fosse para treinar, mas neste momento está no sofá a comer gelados e a ver filmes e séries.

A sensação que tem, apesar de querer muito ir trabalhar, é que deram 10 milhões mais 3 por ano para ele estar em casa.

“Sendo assim, é o treinador mais caro do mundo, na medida em que os outros todos foram contratados mesmo para treinar”, explica Simplício, comentador desportivo do Imprensa Falsa.

“10 milhões por um treinador para ficar a escolher as opções técnicas entre Netflix e HBO nunca tinha acontecido”, acrescenta.

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.