InícioPaísNão são poeiras do Norte de África: Foi o avião de João...

Não são poeiras do Norte de África: Foi o avião de João Loureiro que explodiu no ar

Cor alaranjada que se verificou em alguns locais deve-se à ferrugem do aparelho, por isso também explodiu.

| @zepiter |

Nas últimas horas, Portugal tem vindo a confrontar-se com um fenómeno de poeiras no ar. As primeiras notícias diziam que a origem dessas poeiras era o Norte de África, mas uma investigação do Imprensa Falsa sabe que não se confirma.

Assim, a explosão do avião em que seguia João Loureiro, já perto do aeródromo de Tires, é a causa para o que se está a verificar na atmosfera.

“Mas o pó que fica no carro é alaranjado…”, comenta um negacionista, que foi imediatamente esclarecido. “Naturalmente, quando o aparelho explodiu já tinha alguma ferrugem”, explica Simplício, que liderou esta investigação do Imprensa Falsa com um consórcio de jornalistas internacional.

As suspeitas começaram a surgir quando se percebeu que a população, em vez de sintomas respiratórios, estava a rir sem conseguir parar e com uma vontade incansável de dançar o dia todo.

“Os portugueses até costumam ser mais calmos, eu vou assim ‘mau… há qualquer coisa com estas poeiras do Norte de África'”, desabafa Simplício.