Juiz Carlos Alexandre passou pelo congresso das Testemunhas de Jeová e os 60 mil acabaram por sair Arguidos de Jeová

Entraram como testemunhas mas acabaram por sair como arguidos depois da passagem não programada do juiz Carlos Alexandre pelo estádio da Luz, onde decorria o congresso das Testemunhas de Jeová.

Em causa, segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, está o caos que o congresso provocou naquela zona da cidade e que levou o magistrado a intervir. “Um, dois, um dois… conseguem ouvir-me? Está muito alto? Um, dois, um, dois, ora muito boa tarde, eu sou o juiz Carlos Alexandre”…. começou por afirmar o juiz ao microfone, para espanto das testemunhas.

“Não me vai ser possível ouvir uma a uma, portanto, se não se importam vou já passar para as conclusões”, continuou, “eu conheci um indivíduo, numa ocasião, que comprava os seus livros todos e agora suspeito que também são vocês que compram as vossas bíblias, portanto fica tudo arguido, têm de preencher os papéis à saída, obrigado, continuação…”.

“Obrigado, irmão, temos de agradecer sempre, agradecer sempre, se o irmão nos passou a arguidos, pois que merecemos, nada a dizer”, conclui um Arguido de Jeová, à saída do congresso.