“Defende por nós! Tu vais vencer! Ou então recorrer! Lala-la-la, é o Doutor, lala-la-la”: Arguidos do ataque a Alcochete entoam cânticos de apoio aos advogados durante o julgamento

A presidente do colectivo de juízes tem tido muita dificuldade em manter a tranquilidade na sala de audiências, essa segunda-feira, no Tribunal de Monsanto.

Tudo porque os arguidos no processo do ataque à Academia do Sporting, em Alcochete, estão sempre a entoar cânticos de apoio aos advogados.

“Defende por nós! Tu vais vencer! Ou então recorrer! Lala-la-la, é o Doutor, lala-la-la”, ouviu-se logo durante a primeira intervenção de um dos advogados.

“Causídico!”, gritavam os arguidos de um lado da sala. “Causídico!”, gritavam os do outro lado. No fim bateram palmas.

Entretanto, quando foi a vez da acusação falar, foram vários os assobios nas bancadas dos arguidos e chegou mesmo a rebentar-se um petardo na sala.