Com jogos à porta fechada, árbitros vão ter de pedir ao VAR para os ir insultando durante o jogo

-

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.

Graças ao coronavírus, os jogos da Primeira e da Segunda Liga, nas próximas jornadas, vão ser à porta fechada. Tal decisão deixou os árbitros muito preocupados, pois não vão ter ninguém para os insultar.

“Eu não me consigo concentrar sem que alguém esteja a pôr em causa a minha honestidade ou a da minha santa mãe”, explica Simplício, árbitro da primeira divisão.

Para contornar o problema, os árbitros vão pedir ao VAR que os vá insultando no decorrer do jogo, pelo ouvido.

“Ladrão, gatuno…”, gritou o VAR, já esta manhã, durante um treino de um árbitro. “ÉHHH! É falta!”, gritou entretanto o VAR, mas o árbitro não marcou nada. “FDP!”, afirmou o VAR.

“Não é a mesma coisa, porque não são milhares de pessoas a insultar, mas já ajuda”, garantiu Simplício.

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.