Canhão da Nazaré com ciúmes da importância dada às ondas gravitacionais

-

Screen Shot 2016-02-11 at 21.41.19“Uau, ondas gravitacionais, grande coisa…”, foi desta forma que o canhão da Nazaré comentou esta tarde a detecção de ondas gravitacionais, que Einstein já estava fartinho de dizer que andavam por aí.

“O que interessa é o tamanho, não é do que é que somos feitas”, continuou o canhão, que não conseguiu esconder alguns ciúmes pela atenção dada à descoberta desta quinta-feira.

“Vá, vão lá todos contemplar as “ondas gravitacionais”, a ver se eu me ralo”, concluiu, “ondas gravitacionais, pfff, nem sei que merda é essa”, acrescentou, contando que já ninguém o estivesse a ouvir.

Apoie o Imprensa Falsa

Saiba aqui como apoiar o IF a prosseguir a nobre missão de desinformar com rigor. É uma dúvida que assola muitos leitores. Chegou a resposta.