Início Economia "Agora aterrem isto": Greve dos pilotos em pleno voo seria ainda mais...

“Agora aterrem isto”: Greve dos pilotos em pleno voo seria ainda mais dramática

-

162061Numa altura em que são já várias as vozes que dramatizam a greve dos pilotos da TAP, o Imprensa Falsa sabe que muito mais dramático seria se os pilotos avançassem para uma paralisação em pleno voo.

O comandante Simplício, que só foi à primeira reunião do sindicato, na qual se discutiu a paralisação em voo, e depois disso não tem visto as notícias, acaba de lançar o pânico no voo TP 456 com destino a São Paulo: «Senhoras e senhores passageiros, fala-vos o vosso comandante Simplício, estamos sensivelmente a meio da nossa viagem, voamos a uma altitude de 36 mil pés, a uma velocidade de cerca de 900 km/h, a temperatura exterior são agora de – 50.º, ainda assim menos frio do que no interior do aparelho depois das senhoras e dos senhores passageiros ficarem a saber que eu e o meu colega, o capitão Macário, vamos iniciar neste preciso momento uma greve de dez horas, sendo que o nosso destino se encontra mais ou menos a cinco horas e o nosso combustível só dá para mais seis horas. Mas isto também não tem assim muito que saber, é um Airbus A330, até já se comanda com joystick. Lamentamos o transtorno que isto possa causar, mas querem vender a nossa companhia e não dão nada aos pilotos, nem sequer um Fokker da Portugália para nós abrirmos uma casa de diversão nocturna. Esperamos que estejam a ter uma agradável viagem. Pedimos agora à tripulação que oriente dois lugares aí atrás e até já. Ladies and gentlemen, this is your captain speaking…»

- Publicidade -