Quarta-feira, Fevereiro 21, 2024
Publicidade
InícioPolíticaAD: PSD aceitou levar a cabo golpe para restaurar a monarquia em...

AD: PSD aceitou levar a cabo golpe para restaurar a monarquia em troca dos 260 votos do PPM

Negociações muito difíceis e até ao último fado.

Já se sabia que o PPM tinha conseguido vender caros os seus 260 votos nas últimas legislativas, só não se imaginava quão caros. “Meus amigos/ não é difícil a decisão/ ou bem que volta a monarquia/ ou ficam na oposição”, cantou Gonçalo da Câmara Pereira, numa das reuniões.

“Linndo!”, aplaudiu Simplício, que esteve com o líder do PPM no encontro. Recorde-se que as negociações foram sempre em fado.

“Mas Gonçalo, Gonçalinho/ sabes bem que está a pedir demais/ porque é que não te contentas com um lugarinho/ e umas notícias nos jornais”, respondeu Montenegro. “Linndo!”, aplaudiu Hugo Soares, secretário-geral do PSD.

“Anda Simplício, vamos embora/ aqui já não há nada para ver/ se fossem os gajos de outrora/ já estávamos no tasco a beber”, retorquiu o monárquico. “Linndo! Vammos!”, gritou Simplício.

“Calma, calma, esperem lá/ está a ser um serão tão belo/ por mim abalavam já/ mas não me safo só com o Melo”, foi a resposta do líder do PSD. “Linndo!”, atirou Hugo Soares.

“Então para não perder a paciência/ que ainda vou para o Alentejo a galope/ se é verdade que tens inteligência/ aceita mas é já o golpe”, concluiu Câmara Pereira. “Linndo!”, concluiu também Simplício.

Pouco depois, os três partidos estavam a assinar o acordo que prevê um golpe para restaurar a monarquia. Segundo o Imprensa Falsa conseguiu apurar, numa das reuniões com o Presidente da República, o líder do PSD deverá dar-lhe moscatel quente. Com o Chefe de Estado já a dormir, tomam o Palácio de Belém.

“Amigo Luís para isto volver/ um conselho para que não erre/ temos de tomar todo o poder/ a começar pela PGR”, ainda acrescentou o líder do PPM. “Linndo!”, também acrescentou Simplício.

“Da PGR não me esqueço/ vamos lá abrir o vinho/ a ver se me livro e não enlouqueço/ com o berbicacho de Espinho”, também acrescentou Montenegro. “Ah, fiscalista, perdão, fadista!”, acrescentou Hugo Soares.

Apoiar o IF

Tenha a bondade de auxiliar o Imprensa Falsa com o seu auxílio.

Publicidade
Newsletter

Mais Recentes

Publicidade